Nelore


Programa Nelore Brasil

O Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN) teve início em abril de 1988, com a primeira reunião entre pesquisadores da USP de Ribeirão Preto e os criadores Cláudio Sabino Carvalho e Newton Camargo de Araújo, interessados em colocar a disposição dos pesquisadores da USP dados de seus rebanhos, para que fossem desenvolvidas pesquisas com DEPs e melhoramento genético animal.

No ano de 2003 o PMGRN passou a se chamar Programa Nelore Brasil.

O Programa Nelore Brasil foi pioneiro na utilização do Modelo Animal nas Avaliações Genéticas, gerando DEPs para efeito direto e materno no ano de 1993.

A primeira Avaliação Genética de Touros, Matrizes e Animais Jovens foi publicada, em formato de Sumário, no ano de 1995 com 7 características, sendo 6 de crescimento e 1 de fertilidade, utilizando dados de 27 rebanhos.

No ano de 1999 a ACNB (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil), durante a gestão do criador Carlos Viacava, adotou o PMGRN como Programa Oficial, em reconhecimento à sua importância na pecuária nacional.

Hoje são disponibilizadas DEPs para 28 características (Vide Conceitos Básicos- Características Avaliadas) e o índice MGT para a raça, utilizando dados de mais de 300 rebanhos.

A partir de 2014 o Programa Nelore Brasil disponibilizou as DEPs Genômicas, através da incorporação dos marcadores moleculares Clarifide 2.0. São 22 características genômicas (vide Serviços e Tecnologias/DEP Genômica).

 

*Dados atualizados em Novembro/2014